Como Adotar Uma Criança?


Você é um casal que não tem filhos ou que quer expandir a sua família através da adoção de uma criança? Ao pesquisar o processo de adoção, você vai ler tanta coisa e ter tantas perguntas sobre o assunto que pode até chegar a ter dor de cabeça! Queremos que a adoção seja nacional ou internacional? Quanto é que isto vai custar? Quais são os requisitos legais para os pais adotivos? Como é que começamos?

Acima de tudo, o casal deve estar de acordo sobre a adoção. Ter filhos requer um esforço de equipe e ambas as partes devem estar unidas no esforço. Casais devem enfatizar a comunicação e abertamente compartilhar os seus pensamentos e sentimentos durante o processo.

Os futuros pais utilizarão os serviços de uma agência de adoção ou um advogado. Quando um desses grupos for contatado, um estudo do lar e do casal ocorrerá e certos fatores serão considerados na avaliação. O estudo avalia se a casa onde o casal mora é ou não um ambiente estável e seguro para uma criança. Alguns dos fatores considerados são:

  • Estado civil: é mais fácil para um casal adotar do que uma pessoa solteira. Os pais biológicos podem achar que duas pessoas vão poder dar maior quantidade de atenção à criança do que uma pessoa solteira.
  • Quanto tempo de casamento: um requisito comum para pais adotivos é que eles estejam casados há pelo menos três anos.
  • Casamentos anteriores: contanto que o casamento atual seja estável e que o casal concorde com a adoção, casamentos anteriores não são um problema.
  • Idade dos pais adotivos: a idade legal dos pais adotivos é de 18 a 40 anos de idade. Algumas agências talvez considerem casais mais velhos.
  • Exceções para a idade máxima em adoções internacionais: idade e maturidade são consideradas uma vantagem em muitos países onde crianças estão disponíveis para adoção.
  • Questões da saúde: futuros pais têm quer ser saudáveis. Algumas agências irão impedir adoções por causa do peso, quer seja baixo ou obesidade. Mortes prematuras são associadas com o peso e esta prática protege a criança de ser eventualmente órfã uma segunda vez.
Adotando uma criança - Quais são os critérios?
Considere os seguintes critérios para a adoção de uma criança:

  1. Critérios obrigatórios legais: estes são os requisitos legais e processuais estabelecidos pelas leis do estado e país onde a adoção ocorre. Este é o lugar onde os pais adotivos residem. Alguns estados permitem que adoções sejam processadas nos tribunais por parte de pessoas que não vivem no mesmo estado. Esses requisitos são geralmente inflexíveis e não podem ser alterados.
  2. Critérios da agência selecionada: estes requisitos são estabelecidos pelas adoções individuais e ultrapassam as normas estabelecidas pelo estado. Esses critérios variam de acordo com a agência e se baseiam no foco principal do grupo. Cada agência define os seus critérios dentro de um quadro de circunstâncias especiais que podem ser modificadas.
  3. Critérios dos pais biológicos: os pais biológicos são livres para definir os seus próprios critérios com base naquilo que eles querem para sua situação. Se os pais adotivos se sentem que os critérios não não razoáveis, eles também estão livres para se afastarem da oportunidade.
  4. Critérios dos pais adotivos: os pais adotivos definem este critério. Alguns motivos pelos quais um casal escolhe não adotar são: problemas de saúde, idade, considerações financeiras ou outras razões.
Dirija-se à Vara da Infância e Juventude mais próxima de sua casa, com o R.G. e um comprovante de residência. Lá será agendada uma entrevista. Você receberá a lista dos documentos de que a Vara precisará para dar continuidade ao seu processo. Estes documentos variam de Vara para Vara, mas geralmente são:

Xerox autenticada da Certidão de Casamento ou Nascimento, do RG e do comprovante de renda mensal;

Atestados de sanidade física e mental (Posto de Saúde);

Idoneidade moral assinada por 2 testemunhas (não podem ser da família), com firma reconhecida e de antecedentes criminais (na delegacia mais próxima).

Na entrevista você preencherá a ficha de triagem onde poderá selecionar o tipo físico, idade e sexo da criança. A partir de então, você estará em uma lista de espera. Quanto menor o número de restrições, menor o tempo de espera pelo filho desejado. Uma vez aprovada a ficha, você está apto a adotar.

Direitos Autorais
Adotando uma criança - Realizando um sonho
http://www.allaboutlifechallenges.org/portuguese/adotando-uma-crianca-2.htm


 (Leia Adotando uma criança Parte 1 Primeiro)
Adotando uma criança – Um testemunho pessoal
Talvez os casais ainda estejam tentando processar todos os fatos e números que encontraram em sua pesquisa sobre a adoção de uma criança. Para achar encorajamento, conheça os Brenners.

Adotando uma criança – O processo
Ainda sem filhos, os Brenners decidiram tentar adotar em Novembro de 2002. Seus amigos tinham conseguido adotar uma menina da China, então os Brenners contataram uma agência especializada em adoção de crianças chinesas. Um assistente social de onde moravam cuidou das exigências por parte do governo. No entanto, a primeira tentativa por parte dos Brenners de adotar uma criança fracassou já depois da execução árdua de exigências como: investigações de seu passado, investigações das impressões digitais, aprovação do lar, aulas e muita papelada. O motivo da rejeição é que a história médica dos Brenners não estava de acordo com as exigências da China.

O casal entrou em contato com a sua agência novamente. A esse ponto, essa organização já tinha começado a trabalhar com os governos da Ucrânia, Usbequistão e Nepal. Como aconteceu com a China, a condição médica dos Brenners não foi vista favoravelmente pela Ucrânia. Devido ao sistema cheio de chantagens de Usbequistão, apenas Nepal restou como uma alternativa viável, mesmo depois de avaliar as opções domésticas.

O longo processo de adoção de uma bela menina de dois meses de idade de Nepal começou em abril de 2004. A agência fez um depósito na conta bancária do governo nepalês para que o casal pudesse então começar o processo. Os Brenners ansiosamente fizeram planos de viagem, conseguiram os vistos e tomaram as vacinas necessárias para que pudessem visitar um outro país. Três dias antes de viajar, o governo nepalês fechou o orfanato onde o bebê se localizava devido ao tráfico infantil e atividades com o mercado negro.

Desapontados, mas destemidos, os Brenners receberam uma outra ligação algumas semanas depois para visitar uma menina de um ano de idade chamada Sushila. Com orfanatos muito envolvidos em tráfico infantil, os escritórios de Katmandu deixaram de receber pedidos para adoções dois dias depois que os Brenners tinham enviado toda a papelada. Um mês depois, depois de investigação dos orfanatos, Nepal resolveu reabrir o sistema de adoção. O Rei de Nepal então dissolveu o governo.

Adotando uma criança – O resultado
Há muitos obstáculos a serem vencidos. Em março de 2005, a papelada dos Brenners estava perto de perder a validade. Os governos americano e nepalês tiveram que dar uma adiantada nos processos e formulários para que esse casal pudesse adotar a pequena menina. Em junho de 2005, os Brenners chegaram no orfanato em Nepal e foram carinhosamente recebidos por Sushila, a qual imediatamente passou a chamá-los de mamãe e papai.

"Estamos impressionados como Deus orquestrou tudo de acordo com a Sua vontade e no Seu tempo. Não gostamos de quando a nossa resposta de oração é ‘espere’, mas que testemunho incrível de Seu poder", disse o sr. Brenner.

À medida que você considera entrar na aventura de adoção, orem juntos para ter certeza de que é isso que Deus quer que vocês façam. A Bíblia também nos diz que se buscarmos a vontade de Deus em primeiro lugar, todas as outras coisas nos serão acrescentadas (Mateus 6:33). Deus vai providenciar sabedoria e ajuda para aqueles que O procuram de todo coração (Jeremias 29:13).

Até a Bíblia menciona sobre adoção! Ela nos diz que passamos a fazer parte da família de Deus quando O recebemos (Efésios 1:5-6; Romanos 8:14-17). Essa oportunidade é para todos, qualquer que seja a sua família, gênero, idade, nacionalidade ou passado (Romanos 10:9-13).

Direitos Autorais


Copyright © 2002 - 2011 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os direitos reservados.

Foto criança
Direitos autorais 
Luis Nassif 

Testo de pesquiza obtido em

Adotando Uma Criança 



Siga Me