Gorila Idi Amin morre no zoológico de Belo Horizonte


                     Gorila Idi Amin morre no zoológico de Belo Horizonte



Animal de 38 anos havia ganhado duas namoradas em setembro. Veterinários ainda não sabem causa da morte. O gorila Idi Amin, de 38 anos, foi encontrado morto na Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte nesta quarta-feira (7). O animal era submetido a um procedimento clínico, quando morreu, por volta das 11h, segundo a fundação. Veterinários fazem a autópsia para identificar a causa da morte.
Idi, como era carinhosamente conhecido no zoológico, chegou a ficar solteiro durante 27 anos, mas, em setembro de 2011, ganhou duas novas “namoradas”. As duas fêmeas que vieram da Inglaterra, chamadas Imbi e Kifta, moravam juntos com o gorila no zoológico. Idi Amin é um dos moradores mais ilustres do zoológico da capital mineira.
G1+1 Montagen
Em dezembro do ano passado, o gorila foi tratado e medicado de uma infecção no antebraço esquerdo. Parte da pele do animal infeccionou após um ferimento, segundo a Fundação Zoobotânica. 
A Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte informou em coletiva na tarde desta quarta-feira que o corpo do gorila Idi Amin, que morreu nesta manhã,(4 Dias atraz) durante um procedimento médico-veterinário, será taxidermizado (empalhado). A fundação negocia expor o gorila no Museu de Ciências Naturais da PUC-Minas, onde já estão os corpos de duas ex-companheiras dele - Dada e a Cleópatra -, que também morreram no zoológico da capita. 

Idi Amin com suas duas companheiras Imbi e Kifta no espaço reservado para eles no Zoológico (Maria Tereza Correia/EM/D.A.Press)
Idi Amin com suas duas companheiras Imbi e Kifta no espaço reservado para eles no Zoológico


SOBRENOME( SILVA) ORIGEM E HISTORIA.



Silva (apelido) é possivelmente o mais difundido apelido de família (sobrenome) nos países de língua portuguesa[. Sua origem é claramente toponímica, sendo derivado diretamente da palavra latina silva que significa selva, floresta ou bosque, e tem a sua origem na Torre e Honra de Silva junto a Valença.
de facto, em Portugal, na Galiza, Leão e Astúrias, existem diversas localidades cujos nomes compõem-se por "Silva". É possível, porém, verificar que a popularidade deste apelido remonta ao século XVII em Portugal e também no Brasil.
Brasao Da Familia (Silva)
A primeira linhagem que adoptou o nome Silva como apelido tem uma origem muito antiga e provém do príncipe dos Godos D. Alderedo, cujo filho, D. Guterre Alderete de Silva se casou com uma descendente da nobreza da Casa Real de Aragão e é anterior à fundação da nacionalidade portuguesa, no final do século X.
Nome largamente adotado por pessoas que chegadas ao Brasil queriam começar uma nova vida sem vínculos com o passado na Europa, se aproveitando do relativo anonimato que o sobrenome proporcionava (e ainda proporciona). Mas, também no Brasil, um atual ramo da família Silva em sua quinta geração, é descendente dos reis de Leão e são mestiços - uma importante família aristocrática brasileira no Amazonas, dos quais varões da 2ª geração herdaram durante o Brasil-Império o baronato de Amazonas.
Apesar da grande difusão na população lusófona em geral, "Silva" também é o nome de importantes famílias nobres.

Os Silvas vão buscar as suas armas de brasão à casa dos reis de Leão e são compostas por um fundo de prata onde sobressai um leão de púrpura que se encontra armado e lampassado de vermelho ou azul. Por timbre, tem o referido leão do escudo 
TUDO COMEÇOU COM :
PROJETO GÊNESIS 
FAMÍLIA SILVA

 
FAMILIA SILVA
O tronco desta família se inicia com o casal
Evangelina Malveira Alves da Silva e João Angelo da Silva







       DIREITOS AUTORAIS E CREDITOS: CLICA AQUI!









Siga Me